fbpx

Em visita à Baixada Santista esta semana, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, falou da ligação seca entre Santos e Guarujá, ressaltando a luta do governo estadual tanto no projeto da ponte quanto no projeto de túnel. Ele ressaltou a importância de se concretizar a proposta de unir as duas margens do Porto de Santos e disse torcer pela implementação do túnel.

Garcia explicou a tentativa do governo estadual de implementar uma ponte no canal do estuário de Santos, projeto que não foi aceito pela Autoridade Portuária. “Em 2019, nós deixamos o entendimento com a concessionária Ecovias para que ela fazer a ponte Santos Guarujá, mas a Autoridade Portuária, o Porto de Santos, que é federal, criou uma série de exigências e a gente cumpriu essas exigências. Mas eles entenderam que não iriam autorizar essa questão da ligação seca”.


Desde 2019, a Autoridade Portuária buscou esclarecer, ao longo da discussão sobre a ligação seca, que áreas portuárias não podem contar com obstáculos à navegação no canal. Além disso, uma ponte na região da Alemoa iria interferir na expansão do complexo portuário, onde estão previstos novos investimentos. Logo, as exigências não teriam sido cumpridas, conforme análise do Porto de Santos.

Em entrevista realizada ontem, Rodrigo Garcia diz torcer para que a ligação seca seja efetivada, finalmente. “Eu desejo como governador de São Paulo que eles façam rapidamente a concessão do Porto de Santos, que eles consigam rapidamente incluir a ligação de túnel entre Santos e Guarujá, pra gente transformar essa novela em realidade”.


A declaração foi feita ao Jornal da Praia, programa matinal de notícias da TV Cultura Litoral. “Ligação Seca entre Santos e Guarujá: vamos transformar essa novela em realidade”, diz a chamada da entrevista.