fbpx

O diretor-presidente da Santos Port Authority (SPA), Fernando Biral espera que três projetos sejam concluídos em 2022. São eles o túnel ligando Santos a Guarujá, os leilões e a desestatização do Porto de Santos. A proposta é realizar a concessão da obra do túnel antes do processo de desestatização, afirmou nesta terça-feira (21), durante o balanço anual do Porto de Santos (https://youtu.be/N5kC41msI9k?t=982).

Durante o balanço, o presidente da Autoridade Portuária lembrou que o Porto declarou independência dos recursos da União para novos investimentos com recursos próprios. Com isso, torna-se possível realizar projetos importantes para o Porto e para a cidade. Assim, a Autoridade Portuária pretende tirar o túnel do papel em 2022, afirmou Biral.

A projeção é que o Porto gere uma economia de mais de R$ 238 milhões aos cofres nos próximos anos. O lucro recorde deste ano será superior a R$ 200 milhões e vai servir para realizar os projetos de investimentos. Para 2022, estima-se um lucro de R$ 308 milhões.

O próximo ano será palco de um debate importante para a região. Em comemoração aos 130 anos do Porto de Santos, será realizado, em fevereiro, o 3º Festival Porto-Cidade, e a Autoridade Portuária sediará o 30º Congresso Latino-Americano de Portos, instituição reconhecida por promover a integração entre autoridades portuárias americanas (https://santaportal.com.br/porto-e-negocios/porto-de-santos-alta-nos-lucros-2021/).

O planejamento do Porto de Santos para 2022 é o tema do programa Porto 360º desta quarta-feira (22), às 19h45, com a participação do diretor do Porto de Santos, Bruno Stupello, e do secretário Nacional dos Portos e dos Transportes Aquaviários, Diogo Piloni. O programa será transmitido pelas redes sociais de A Tribuna (Facebook e Youtube).