fbpx

Sempre quando chega um feriado, tanto a população de Santos e Guarujá quanto os turistas se defrontam com a velha e cansativa demora na travessia das balsas. Para solucionar de vez esse problema e fortalecer a luta pela construção do túnel imerso, a campanha Vou de Túnel realizará ações durante o fim de semana para apresentar o projeto à população e colher assinaturas para a petição online do projeto, além de realizar uma importante pesquisa de origem-destino na balsa.

A campanha aproveita o feriado de comemoração da Revolução Constitucionalista de 1932, amanhã (9), para reforçar a vantagem de uma viagem de túnel que durará apenas 5 minutos, contra uma demora atual de 30 minutos a 1 hora (dependendo do horário), problema acirrado por conta do atracadouro que foi danificado no acidente com o navio dia 20 de junho.

As blitz da campanha acontecem também no sábado e no domingo nós dois municípios. Na sexta, a ação acontece na fila da balsa do lado de Santos, e na feira livre da Av. dos Bancários. Em ambos os locais o evento será das 9h às 13h.

No sábado, a ação ocorre na fila da balsa do lado de Santos das 9h às 13h e na fila da balsa do lado de Guarujá das 16h às 20h. Já no domingo o movimento será no calçadão da praia, do canal 6 ao canal 7, com duas equipes.

Serão distribuídas 500 máscaras e 2.500 folders que abordam a vantagem de ir de túnel. A meta estipulada é colher 2 mil assinaturas. Na balsa a campanha realizará ainda uma pesquisa de origem destino com 300 pessoas, de forma a compreender o fluxo de pessoas que precisam utilizar a travessia Santos-Guarujá.

Com estas ações, a campanha pretende demonstrar a necessidade urgente de uma travessia segura e rápida, de forma a garantir mais qualidade de vida para a população e, também aprimorar a logística do Porto. Ao buscar acelerar a implementação do projeto de túnel, a campanha pretende sanar de vez um problema centenário que aflige a população da região e o Porto.