fbpx

A campanha Vou de Túnel foi mais uma vez às ruas, no último sábado (08), para divulgar à população os benefícios do túnel para a mobilidade urbana de Santos e Guarujá e para o funcionamento do Porto. A terceira ação do movimento ocorreu no Mercado do Peixe e foi tema de reportagem da TV Santa Cecília.

A equipe da campanha explicou o projeto, tirou dúvidas da população e distribuiu máscaras. Também foram recolhidas assinaturas para a petição a favor da construção do túnel, que já conta com 3 mil apoiadores da causa.

“O projeto vai facilitar a vida de quem precisa transitar diariamente entre as margens direita e esquerda do Porto. Hoje, com a demora das balsas, os trabalhadores sofrem grande desconforto com a demora da travessia, principalmente quem trabalha no Porto” afirmou o consultor portuário Eduardo Lustoza, diretor da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santos.

Ananda Justo, que trabalha no Mercado do Peixe, em Santos, e mora em Guarujá, destacou a importância do túnel para solucionar o problema da travessia entre as cidades. A ligação atual, via balsa, pode demorar até uma hora. “O túnel vai ser uma facilidade para quem mora aqui e para o turismo, para quem quer conhecer Santos e Guarujá. É uma mobilidade melhor para todos. O projeto é 100% bom, espero que seja concretizado”, destacou.

Uma das principais dúvidas da população sobre a execução do projeto é sobre as desapropriações de moradias nas duas cidades. Lustoza explica que não haverá desapropriação em Santos. Em Guarujá, a população será remanejada para outras áreas.

“Do lado de Santos foram eliminadas as desapropriações. A mobilidade urbana é atendida pela Avenida Senador Dantas e a mobilidade portuária, pelas avenidas perimetrais. No lado de Guarujá, no bairro da Prainha haverá remanejamento de pessoas do espaço que pertence à poligonal portuária”, explicou Lustoza.

Um dos idealizadores do projeto, o diretor de Assuntos Portuários do Sistema Santa Cecília de Comunicação, Casemiro Tércio, avalia que a construção do túnel submerso é a melhor alternativa. “Essa blitz é um momento de engajamento para reconhecer, chamar para a discussão sobre o melhor projeto para Santos, Guarujá e o Porto”, disse.

Confira a reportagem completa: https://youtu.be/3_56bsO-nW8?t=899