fbpx

Está prevista para o dia 25 de outubro a audiência pública da Comissão de Viação e Transportes na Câmara dos Deputados, cuja pauta será a modelagem da ligação seca entre os municípios de Santos e Guarujá. A audiência é mais um passo importante na consolidação da proposta de implementação do túnel, projeto escolhido pelo governo federal por oferecer a melhor solução para ligar as duas margens do Porto de Santos.

A audiência para discutir a ligação seca foi solicitada pela deputada Rosana Valle (PSB), que tem atuado em defesa do projeto imerso. O túnel tem sido apontado como a melhor forma de proporcionar qualidade na mobilidade urbana para a população e de garantir o crescimento do Porto de Santos, sem prejuízo à navegabilidade ou à expansão do complexo portuário.

Entre os participantes da audiência, estão: o diretor de Novas Outorgas de Políticas Regulatórias Portuárias da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Fábio Lavor; o presidente da Santos Port Authority, Fernando Biral; o secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, João Octaviano Machado Neto; o executivo do mercado de Infraestrutura, Casemiro Tércio de Carvalho; e o engenheiro e porta-voz da Campanha Vou de Túnel, Eduardo Lustoza.

Também foram convidados o presidente da Associação Comercial de Santos, Mauro Sanmarco; o prefeito de Santos, Rogério Santos; e o prefeito do Guarujá, Valter Suman.

Campanha se reúne com apoiadores

Amanhã (14), a campanha Vou de Túnel realiza a terceira reunião com os seus apoiadores para apresentar as ações realizadas e os resultados do trabalho em defesa do projeto do túnel, além de ouvir de todos os nossos parceiros sugestões para os próximos meses de atuação. O encontro está marcado para às 10h, de forma remota. Será exibido um balanço das atividades da campanha realizadas de julho até o momento atual, além dos próximos passos a serem realizados.

Crescimento da campanha

Desde o seu início, a campanha Vou de Túnel já atraiu mais de 15 mil assinaturas para a petição on-line e conta com um total de 91 empresas e instituições apoiadoras da causa.